Notícias

OMS declara o fim da emergência de Covid-19 no mundo

A mais recente crise sanitária global, que afetou milhares de pessoas no mundo, foi encerrada na manhã desta sexta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS): A pandemia da COVID-19. 
O diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, anunciou que a doença não é mais uma não é mais uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (Espii), após 3 anos do início da pandemia. Essa declaração, surge logo após a 15ª reunião do comitê de emergência para a COVID-19. Os especialistas da OMS se encontram periodicamente, desde janeiro de 2020, para analisar os dados da pandemia e determinar quando seria o momento certo para baixar o nível de preocupação sobre o Coronavírus.
+ Três anos de Covid-19 no estado do Pará
+ Vacina bivalente para a Covid continua disponível em Belém
Com os números atualizados, os especialistas avisaram a Tedros que poderia encerrar a pandemia:“Eu aceitei esse conselho. É, portanto, com grande esperança, que declaro o fim da Covid-19 como uma emergência de saúde global”, afirmou Tedros Adhanom. 
Quando a Covid-19 foi declarada uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), o nível mais alto de alarme, havia menos de 100 casos da doença relatados fora da China e nenhum morte. Passados três anos, três meses e cinco dias, foram registrados mais de 765 milhões de casos em todo o mundo e 6.921.614 de mortes. 
No Brasil, a vacinação contra o vírus começou em janeiro de 2021, quase 1 ano após o início da pandemia. Hoje, após mais de 700 mil mortes no país, cerca de 550 mil doses foram aplicadas em todo o país. 

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo