Notícias

Promotor da Justiça Militar fala sobre nova portaria do MPPA

Após o último jogo entre Remo e Caeté pelo Campeonato Paraense de futebol, realizado no estádio Mangueirão, em Belém, foram registradas cenas de agressão por parte agentes da Cavalaria da Polícia Militar contra torcedores do Clube do Remo.Ministério Público vai acompanhar atuação da PM nos estádios Morre torcedor do Corinthians atingido por rojão em Belém As imagens revoltaram os torcedores paraenses, que levaram a discussão e insatisfação para as redes sociais, pedindo por respeito.Nesta quinta-feira (20), o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) publicou uma nova portaria, onde instaura um procedimento administrativo que deve resultar na elaboração de recomendações à atuação de policiais militares em eventos esportivos.No documento, a 2ª Promotoria de Justiça Militar do MPPA afirma que o objetivo é colher informações para expedir uma série de recomendações que deverão ser feitas ao Comando da Polícia Militar do Pará, a fim de prevenir a violência policial em ambientes voltados à prática esportiva.O promotor da Justiça Militar, Armando Brasil, reforça a ideia. “A Promotoria Militar instaurou um procedimento administrativo para acompanhar mais de perto a situação do policiamento na área externa dos jogos de futebol, principalmente nos megaeventos que ocorrem no Mangueirão. A Promotoria objetiva colher informações, conversar com todos os órgãos da PM, voltados à questão da logística e segurança dos estádios, para expedir uma recomendação para que esse tratamento seja aprimorado”, ressalta.Armando também detalha como as ações serão feitas. “Nós vamos primeiro conversar com todos os comandos envolvidos, depois nós vamos no local, em alguns jogos de futebol, para verificar como está sendo executado o serviço da Polícia Militar, principalmente no que diz respeito à relação com o torcedor que frequenta os estádios”.Para finalizar, o promotor afirma que o objetivo do trabalho é trazer segurança para todos os envolvidos. “É um trabalho de apoio, de esclarecimento, de conscientização da tropa da Polícia Militar e, também, dos próprios torcedores, para que haja o respeito mútuo entre torcedor e polícia. A polícia respeita o torcedor e o torcedor respeita a polícia”, conclui. Relembre o caso: veja o vídeo da agressão e leia o relato dos torcedores.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo