Notícias

Usinas da Paz no Pará são consideradas exemplo nacional

O colunista político Octavio Guedes, da GloboNews, não poupou elogios ao projeto Usinas da Paz do governo do Pará, mostrando que o Estado fechou 2023 com queda de 2,8% nos assassinatos, segundo dados do Ministério da Justiça. Foram 2.570 homicídios, latrocínios, feminicídios e lesões corporais seguidas de morte contra 2.646 em 2022. Na contramão disso, o Rio de Janeiro não levou a cabo o projeto das UPPs e apresentou uma alta de 6,14% em crimes violentos – estatística que não envolve intervenção policial. Tudo isso, segundo o colunista, está diretamente vinculado aos benefícios do projeto Usinas da Paz.
EXEMPLO
Na matéria, Octavio Guedes cita uma frase do governador Helder Barbalho, que ajuda a explicar o êxito das Usinas da Paz: “Não se faz Segurança Pública sem polícia. Mas não se faz Segurança Pública apenas com polícia”. Nas áreas recém-dominadas, são implantadas as Usinas da Paz, prédios que simbolizam a presença do Estado. As ações desenvolvidas diluem a autoridade do policial e o cardápio de serviços inclui emprego e renda, microcrédito e empreendedorismo. Conclui que “agora é a vez do Rio aprender com o Pará”.
RECURSOS
O Ministério das Cidades e a Caixa Econômica, representados respectivamente pelo ministro Jader Filho e o diretor André Raposo, celebraram a assinatura de novos contratos de repasse com recursos do Orçamento Geral da União para os municípios de Afuá, Bom Jesus do Tocantins, Breves, Rondon do Pará, São João de Pirabas e Ulianópolis. Ao todo, são nove contratos de repasse, alcançando mais de R$ 35 milhões em verbas para obras de mobilidade urbana e saneamento básico. Deputados federais e estaduais, além de prefeitos, prestigiaram o ato.
CENSO
Uma unidade móvel do Instituto de Gestão Previdenciária e Proteção Social do Estado (IGEPPS) esteve no Comando-Geral da Polícia Militar, no Parque Guajará, em Belém, para atender militares veteranos e pensionistas da PM e dos Bombeiros. O Censo Previdenciário é o principal serviço oferecido na unidade. Dos 21.764 militares convocados, 7.088 já realizaram o recenseamento, e 14.676 são aguardados. A participação presencial é obrigatória, e deve ser agendada pelo site www.igepps.pa.gov.br. Os atendimentos prosseguem até hoje.
HONRARIA
A Assembleia Legislativa concedeu o título de Cidadão do Pará ao vice-presidente executivo da Hydro, John Thuestad, por relevantes serviços prestados. A honraria foi entregue pelo presidente da Alepa, deputado Chicão (MDB), que enfatizou a importância da parceria da companhia com o Estado nos projetos Usinas da Paz para combater a vulnerabilidade social em Belém. Vários parlamentares prestigiaram a entrega do título, concedido por solicitação do deputado Lu Ogawa. O presidente do Simineral, Anderson Baranow, também esteve presente.
SANGUE
A Fundação Hemopa lança no sábado (3), a campanha de doação de sangue alusiva ao carnaval “No Bloco Salva-Vidas, doar sangue é só alegria”. A programação segue até 9 de fevereiro, com uma série de apresentações musicais, oficinas, caravanas solidárias, no hemocentro em Belém e nas oito unidades regionais. Na campanha de 2023 foram registrados 10.034 candidatos voluntários que compareceram em todas as unidades do Hemopa e 8.101 doações de sangue. Em 2024, a previsão é de um aumento de 15% em relação ao ano passado.Linha Direta- A Justiça Federal de Santarém recebeu denúncia apresentada pelo MPF e tornou ré por injúria racial uma mulher acusada de xenofobia contra pessoas da região Norte a bordo de um avião no aeroporto da cidade, em janeiro de 2023. Testemunhas relatam que ela chamou os nortistas de “burros, lerdos, atrasados, pessoas com apenas meio neurônio”.
– A passageira teria dito ainda que “o povo do Norte não conseguiria emprego em São Paulo” e que “atrasam o restante do país”. Na denúncia, o MPF destaca que a conduta da mulher foi preconceituosa e intencional, uma vez que ela usa a característica étnica de um povo para disseminar discurso de ódio.
– Por seis votos a zero, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará, em julgamento realizado ontem, 1º, decidiu que Renata Sousa (MDB) é elegível e pode participar das Eleições Municipais de 2024.
– Ela respondia processo por abuso de poder econômico e a corte aceitou o recurso apresentado pela defesa dela, que foi prefeita de Primavera até 2020, e deve tentar um novo mandato este ano.
– O Crea-PA adquiriu nova frota de veículos, devidamente equipada e destinada ao uso das equipes de fiscalização, que operam em todo o Estado. A nova frota foi adquirida por meio de licitação, o que reforça que todo o processo foi feito com responsabilidade e dentro da legalidade exigida.
– A entidade inclusive acaba de comprar um terreno, na travessa Dr. Moraes, próximo de sua sede, que servirá de estacionamento para seus profissionais e pátio para os carros do Conselho, resolvendo o antigo problema da falta de vagas no entorno.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo