Notícias

Projeto em Belém transforma câmara de pneus em bijouterias

Incentivar a produção de bijuteria e artigos de design, a partir de câmaras descartadas de pneus para a preservação do meio ambiente. Este foi o objetivo da Prefeitura de Belém ao realizar a oficina de Reutilização de Pneus realizada nesta quinta-feira, 21, no anexo III da Unidade Coordenadora do Programa e Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben). A oficina faz parte do Projeto Social do Promaben, que busca, ao mesmo tempo, ofertar alternativas de renda aos moradores dos bairros do Jurunas, Condor e Cremação. 
Para a adolescente Cilene Souza, de 15 anos, novas perspectivas se abriram para ela. “Eu nunca tinha pensado que câmaras de pneu pudessem se tornar coisas tão bonitas. Espero poder vender essas bijuterias que a gente tá aprendendo a fazer”, disse. 
A designer Isabela Sales, que trabalha há oito anos com o reaproveitamento da câmara do pneu, ressaltou que por ser um material abundante e de alto impacto ambiental, as peças se tornam também uma fonte de renda e ajudam a retirar uma quantidade de produto poluente das ruas. “Além disso, ensinar outras pessoas e mostrar as possibilidades desse material, é uma forma de fazer com que ele saia das ruas e se torne fonte de renda para as famílias”, comentou. CONTEÚDO RELACIONADOUsinas e cooperativas: Grande Belém precisa reciclar o lixoPosto de coleta de recicláveis é reaberto em BelémPor meio do Projeto Social do Promaben, A Prefeitura de Belém assume o compromisso de oferecer às famílias afetadas pelas obras do Programa conhecimentos que lhes garantam sustentabilidade, assim como, promover a educação ambiental.
A subcoordenadora Ambiental do Promaben, Simone Ribeiro, afirma que acredita na importância de garantir a sustentabilidade tanto ao meio ambiente, quanto das famílias. “A oficina de bijuteria foi pensada pela facilidade de comercialização das peças, pela facilidade de encontrar o material e obter custo baixo para a produção das peças, que podem render bem para desejar vendê-las”. 
Para a moradora do Jurunas e cabeleireira Ana Reis, de 57 anos, inovar com a produção de bijuterias para se manter competitiva no mercado é fundamental. “Como eu trabalho com artesanato e sempre faço cursos para me manter atualizada, ainda não tinha feito bijuterias com câmera de pneus. Quando eu vi a chamada para o curso, percebi que seria um bom diferencial para eu ter no salão. É muito gratificante também, porque é um aprendizado que posso passar adiante às mulheres da minha comunidade”.  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  Esta foi a primeira oficina de bijuterias feitas com câmaras de pneu promovida pelo Projeto Social do Promaben, por meio do Programa de Educação Ambiental e Sanitária (Peas). Além dela, já foram realizadas também oficina de Aproveitamento de Pneus para confecção de floreiras, de Reutilização de Garrafas Pet e de Reaproveitamento de Alimentos.
O Programa já promoveu também ações de Combate ao Descarte Irregular de Resíduos Sólidos e Mutirões da Juventude, com o objetivo de limpar as ruas dos bairros onde moram e incentivar o descarte correto e o reaproveitamento de resíduos sólidos.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo