Notícias

Pará tem a maior geração de empregos no 1º trimestre de 2023

Pará lidera geração de empregos formais na região Norte durante os três primeiros meses de 2023, atesta o estudo realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-Pará), divulgado esta semana. 
No balanço acumulado do 1º trimestre deste ano (Jan-Mar/2023), no comparativo entre admitidos e desligados, o resultado é de crescimento. Foram feitas neste período, em todo o Pará, 107.299 admissões contra 99.217 desligamentos, gerando um saldo positivo de 8.082 postos de trabalho. No mesmo período do ano passado (1° trimestre de 2022), o Estado também apresentou crescimento na geração de empregos formais, com um resultado menor. Foram feitas na época 102.697 admissões, contra 97.444 desligamentos, gerando um saldo de 5.253 postos de trabalho. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
“A criação de empregos formais tem sido um grande desafio dentro dessa conjuntura de retomada econômica. Ao longo de 2022, a inflação esteve muito alta, e é bom lembrar que a inflação alta limita o poder de compra e o consumo, e também enterra a criação de novos empregos, assim como desemprega bastante. Mas apesar desse cenário, o Pará se manteve empregando. Em 2023, o governo do Estado mantém uma agenda de obras públicas, constrói um ambiente de negócios ainda favorável e amplia a sua participação em mercados produtivos, além de uma série de ações, de políticas públicas estaduais, que têm reforçado os dados positivos de empregabilidade no Pará, como a qualificação e os programas de educação técnica”, destaca Everson Costa, supervisor técnico do Dieese.Veja também;Cosanpa assina acordo e garante direitos a trabalhadoresGoverno do Pará atualiza Plano de Cargos e Salários da UEPADevendo? Não estás sozinho! Inadimplência atinge 2,4 milhõesEntre os setores, o que mais se destacou neste período foi o de “Serviço”, com 6.507 contratações, seguido pela Indústria e o Comércio. 
Março positivoO Dieese-PA também sinaliza um resultado expressivo ao longo do mês de março, quando foram registrados mais de 4 mil postos de trabalhos, dado que também é positivo em relação ao mesmo período do ano passado (Mar/2022), quando o Estado registrou 1.871 postos. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  
“A expectativa é que em 2023 o Pará se mantenha como um grande gerador de empregos. Os dados apresentados nos primeiros meses são consequência da manutenção de ações assertivas, que movimentam a economia e abrem novas oportunidades. A gestão estadual sinaliza a implantação de grandes projetos e a manutenção de uma agenda extensa de entregas e investimentos, não só pelo Estado, mas também em parceria com o governo federal, além das iniciativas de qualificação de mão de obra, como o Programa Qualifica Pará, que já alcança mais de 28 mil pessoas por todo o Estado e oportuniza novos empregos e a movimentação econômica local”, reforça o titular da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), Inocencio Gasparim.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo