Notícias

Os detalhes da morte de jovem após encontro com jogador

Uma trágica ocorrência envolvendo a morte de Gabriele da Silva Matos, de 19 anos, após um encontro com Dimas Cândido de Oliveira Filho, jogador do sub-20 do Corinthians, está sendo minuciosamente investigada pela Polícia Civil.

As autoridades aguardam os resultados preliminares dos laudos para esclarecer as circunstâncias que levaram à morte da jovem.
Fatalidade na noite de terça-feira: Desmaio e quatro paradas cardíacas.
Gabriele faleceu na noite da última terça-feira (30) após ser conduzida ao Hospital Municipal do Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Ela estava com o jogador quando desmaiou, e o socorro foi acionado por Dimas Cândido. A vítima sofreu quatro paradas cardíacas: no apartamento do jogador, na ambulância, na unidade de saúde (onde foi estabilizada) e, infelizmente, não resistiu à quarta parada.
Narrativa do jogador e perícia no local do encontro
Dimas Cândido foi encaminhado para prestar depoimento no 30º DP do Tatuapé. Ele relatou à polícia que o desmaio ocorreu durante uma relação sexual, momento em que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A perícia no apartamento do jogador revelou a presença de pequena quantidade de sangue no colchão, uma camisinha e dois cigarros eletrônicos. Imagens das câmeras de monitoramento do prédio também estão sendo aguardadas.
Detalhes do sangramento e exames no corpo de Gabriele
Na unidade de saúde, constatou-se que Gabriele apresentava sangramento na genitália, causado por uma fissura de aproximadamente cinco centímetros. Seu corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames necroscópicos, toxicológicos e sexológicos, visando esclarecer o ocorrido. A polícia também busca informações sobre o histórico de saúde da jovem.
Posição do jogador nas investigações e posicionamento da defesa
Dimas Cândido é tratado como testemunha, não sendo considerado suspeito ou investigado até o momento. Sua defesa, representada pelo advogado Tiago Lenoir, afirma que o jogador não cometeu crime algum. Lenoir destaca que Dimas prestou os primeiros socorros por mais de 21 minutos, demonstrando cooperação com as autoridades. A defesa ressalta a importância de aguardar os resultados da perícia para uma compreensão completa do ocorrido.
Manifestação do clube e solidariedade à família da vítima
O Corinthians, em nota oficial, expressou seu acompanhamento próximo aos desdobramentos do caso, aguardando os resultados das investigações e se colocando à disposição das autoridades. O clube lamenta profundamente a morte de Gabriele e presta solidariedade à família da jovem.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo