Notícias

Operação desarticula quadrilha envolvida em atentado no Pará

Os trabalhos das forças policiais no sul e sudeste do Pará continuam a ter êxito no combate ao crime organizado, culminando com resolução e prisão de pessoas envolvidas. Na manhã desta sexta-feira (26) uma operação policial resultou na prisão de seis pessoas e na apreensão de diversos itens configurados como crime.O fato aconteceu em Marabá no sudeste paraense, durante a operação “Rematch”, dando cumprimento a quatro mandados de prisão temporária, três mandados de busca e apreensão domiciliar, e duas prisões em flagrante.Durante a operação, além dos quatro investigados, foram presas duas pessoas em flagrante delito por manterem materiais ilícitos em suas residências, totalizando seis pessoas presas.Veja também:Totens de monitoramento são instalados em MarabáApós agredir esposa grávida, homem é preso tentando fugirMotorista acusado de atropelar e matar cinco pessoas é soltoA operação Rematch visa investigar a ocorrência de oito tentativas de homicídio ocorridas no dia 26 de novembro de 2023. Na ocasião, diversos homens armados e encapuzados adentraram um confraternização de populares e desferiram a esmo diversos disparos de arma de fogo contra os presentes, atingindo oito pessoas , inclusive uma criança. 

 De acordo com o delegado Vinícius Cardoso, superintendente de polícia da 10ª Risp Carajás, durante as investigações, a polícia capturou um indivíduo considerado responsável pelo atentado do dia 26 e agora na segunda fase da operação seis pessoas foram presas. “Esse grupo segue preso e as investigações continuam. O objetivo é identificar outras pessoas envolvidas para que elas também sejam responsabilizadas e presas”, declarou o delegado Vinícius. “E o objetivo final é desarticular completamente essa quadrilha”, disse.Ainda de acordo com o delegado Vinícius, aquele atentado foi motivado por uma guerra entre organizações criminosas que tentam se enraizar na região.  

 Foram apreendidos: armas, munições e drogas do tipo maconha e cocaína.Na primeira fase da operação, uma pessoa envolvida no atentado foi presa. Agora na segunda fase, seis foram presas, totalizando sete pessoas presas no contexto da investigação.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo