Notícias

Mulher viraliza com vídeos torturando e matando animais

Anigar Monsee, de 28 anos, foi detida na Pensilvânia (EUA), sob acusação de crueldade agravada contra animais. A prisão ocorreu após ela gravar vídeos torturando e matando animais, com a intenção de compartilhá-los no YouTube.
Segundo a emissora WPVI, em quatro vídeos, a americana cruelmente maltratou sapos, um coelho, um pombo e uma galinha.
Conforme relatado pelo Departamento de Polícia de Upper Darby, a YouTuber iniciou a publicação dos vídeos no ano anterior.Conteúdos relacionados:Mulher faz cirurgia na vagina e não consegue mais transarFOTOS: Fotógrafo captura sucuri gigante durante expediçãoMenino de 6 anos embarca sozinho em voo errado

Após uma denúncia da Peta, uma organização de defesa dos direitos dos animais, os agentes localizaram Anigar. Em um dos vídeos compartilhados no YouTube, a americana exibiu partes de sua residência em Upper Darby, nos arredores de Filadélfia. Os investigadores prontamente conseguiram identificar o endereço.
Segundo os investigadores, Monsee pedia “likes” e interagia com os espectadores do YouTube antes de iniciar a tortura em um animal. Alguns dos comentários dos internautas tinham teor sexual.Quer ler mais notícias Bizarras? Acesse nosso canal no Whatsapp 
Durante uma transmissão ao vivo de 49 minutos, Monsee foi vista torturando um pombo e decapitando-o, enquanto os espectadores a elogiavam na seção de comentários e faziam pedidos para futuros conteúdos, conforme relatado pelo “Philadelphia Inquirer”.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo