Notícias

Mayke e Willian se reencontram em campo após golpe

O lateral direito Mayke e o atacante Willian Bigode se enfrentam na noite deste domingo (28), quando o Palmeiras recebe o Santos, pela terceira rodada do Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Curiosamente, o clássico promete ser um campo de rivalidade intensificada diante das recentes reviravoltas judiciais envolvendo o “caso das criptomoedas”.Em mais um desdobramento do processo judicial envolvendo o prejuízo causado por um esquema fraudulento na compra e venda de criptomoedas, o lateral direito Mayke, do Palmeiras, intensificou sua busca por ressarcimento. Ele solicitou à Justiça que o Peixe, atual clube de Willian Bigode, deposite 30% do salário do atacante em juízo, conforme a vitória judicial conquistada em 2023.
CONTEÚDO RELACIONADOCBF divulga a data do sorteio da 1° fase da Copa do BrasilBrasil vence Colômbia por 2 a 0 no pré-olímpico e segue 100%Gabigol no Grêmio? Dirigente gaúcho fala sobre interesse A requisição, feita à 14ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, refere-se à condenação de Willian no ano anterior, quando 30% de seus vencimentos foram penhorados. O objetivo é cobrir o prejuízo de mais de R$ 7 milhões que Mayke sofreu ao investir seu dinheiro na operadora de criptomoedas Xland.Quer saber mais notícias do futebol brasileiro? Acesse nosso canal no WhatsApp.Até o momento, nem o Santos nem o estafe de Willian Bigode se pronunciaram sobre a recente movimentação na Justiça.A defesa do atacante tentou anteriormente “desbloquear” o salário do jogador, mas teve os pedidos negados pela Justiça. O juiz Christopher Alexander Roisin, responsável pelo caso, alertou que a insistência seria interpretada como litigância de má-fé.
O Santos, agora, é instado a depositar um terço dos salários de Willian Bigode em uma conta judicial, em decorrência da requisição feita por Mayke. Até o momento, a Justiça não emitiu uma decisão sobre esse novo pedido.RELEMBRE O CASO DAS CRIPTOMEDASA polêmica envolvendo um suposto esquema fraudulento de compra de criptomoedas foi revelado pelo meia Gustavo Scarpa, que registrou um boletim de ocorrência em novembro de 2022, alegando ter perdido cerca de R$ 6 milhões em investimentos realizados com a Xland Holding. Segundo a denúncia, Willian Bigode teria apresentado a empresa a Scarpa em 2020, enquanto ambos atuavam pelo Palmeiras. Scarpa, Mayke e Willian teriam perdido, juntos, cerca de R$ 11 milhões no episódio.VEJA MAIS:

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo