Notícias

Kayky Brito: motorista estava a 48 km/h, aponta inquérito 

As investigações do atropelamento do ator Kayky Brito estão próximas de encontrar um fim nesta quarta-feira (27). A Polícia Civil concluiu que o motorista envolvido no acidente não teve culpa. Primeiro porque ele estava abaixo da velocidade permitida na via, segundo porque não havia consumido álcool ou outras substâncias, além de ter prestado socorro ao artista.
Conteúdos relacionados:

Motorista que atropelou Kayky rejeitou proposta em dinheiroDiego Alemão alfineta Bruno de Luca ao deixar delegaciaKayky Brito voltará a andar? Saiba tudo sobre sua saúdeO relatório final da 16ª Delegacia Policial, da Barra da Tijuca, afirma que Diones Coelho da Silva, o motorista que se envolveu no acidente com o ator Kayky Brito, conduzia o carro a uma média de 48 km/h em uma via de 70 km/h quando o atropelamento aconteceu. Com essas constatações, a polícia deve pedir o arquivamento do caso e encaminhar o inquérito ao Ministério Público.
O laudo da perícia também cita o cenário ideal para que o motorista Diones pudesse reagir de forma segura. O documento diz que o carro estava “a menos de 10 metros e a 0,73 segundo de distância de Kayky” quando o ator iniciou a travessia. Para o motorista ter tido alguma reação e evitar o acidente, é necessário mais que o dobro da distância entre o condutor e o pedestre.
Kayky Brito teve alta da UTI
O ator Kayky Brito deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) 20 dias depois do atropelamento que aconteceu em uma avenida na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O boletim médico divulgado pela família confirmou que o artista estava consciente e conversava com familiares, mas que estava “cooperando no processo de reabilitação ortopédica”. Até o momento, não há previsão de uma saída do hospital.
Motorista que atropelou Kayky recebeu apoio
Depois do acidente envolvendo o ator, o motorista de aplicativo Diones Coelho da Silva chegou a pedir ajuda na internet para conseguir um trabalho, já que ficou suspenso das plataformas de corridas em virtude dos últimos acontecimentos e seu carro estava danificado. Uma vaquinha online foi realizada e Diones arrecadou mais de R$ 140 mil, devolvendo boa parte do dinheiro arrecadado e ficando apenas com o necessário para que pudesse consertar o próprio veículo.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo