Notícias

Homem ganha baiacu de presente e morre após comer com limão

O mar está recheado de criaturas marinhas e peixes das mais variadas espécies, e é claro que o pescado é um dos principais alimentos consumidos no mundo. Mas existem algumas espécies que não são recomendadas para o consumo humano, como o baiacu por exemplo. Ele é presente em vários locais do mundo e é conhecido por “inchar”, ou “inflar” quando se sente ameaçado.Mas esse inusitado peixe tem uma característica mais preocupante: ele é venenoso, e seu veneno pode matar.Um homem de 46 anos morreu na manhã de sábado (27) após comer um peixe baiacu em Aracruz, no Espírito Santo. Os familiares de Magno Sérgio Gomes disseram que a causa da morte foi envenenamento.Veja também:Vídeo: suspeito de incitar atos violentos é pego em MarabáConcurso unificado: número de inscrições é surpreendenteJovem que teve intestino perfurado em parto morre em MarabáEle ficou 35 dias internado.  A irmã dele, Myrian Gomes Lopes, contou que ele ganhou o peixe de um amigo no dia 22 de dezembro do ano passado. Segundo ela, Magno e o amigo limparam o peixe no dia seguinte, retiraram o fígado, ferventaram o órgão e comeram, com limão e sal. Eles começaram a passar mal logo em seguida, cerca de 45 minutos após comer.“A gente não sabe a procedência do peixe, se foi pescado ou se tinha sido ganho. Eles limparam o baiacu e comeram. Magno nunca tinha limpado baiacu antes”, disse Myrian.Ainda de acordo com a irmã, Magno começou a ficar com a boca dormente e foi com a esposa para o hospital dirigindo o próprio carro. Quando chegou lá, teve uma parada cardíaca de oito minutos.Myrian ainda relatou que, devido ao quadro preocupante, ele foi entubado e transferido para um hospital na capital, Vitória, onde faleceu depois de mais de um mês de internação.“Os médicos disseram para a nossa família que ele morreu por envenenamento, que logo subiu para a cabeça. Três dias depois de ser internado, ele teve diversas convulsões, que afetou muito o cérebro dele, deixando o mínimo possível de chances de recuperação”, explicou Myrian.Magno deixa esposa e três filhos.Já o amigo que também comeu o peixe teve alta uma semana após o episódio. “Ele já está em casa. Com as pernas, ele não está andando muito direitinho. Ele foi impactado neurologicamente, mas está se recuperando”, disse.A carne de baiacu é tradicionalmente usada na culinária asiática. Mas, apesar do consumo disseminado, várias espécies desse peixe possuem uma toxina capaz de levar à morte se a carne não for bem preparada.Toxinas na carne de baiacuAs autoridades de saúde orientam evitar comer carne de baiacu de origem desconhecida devido às toxinas que podem causar envenenamento se não forem preparadas corretamente.A toxina pode causar desde uma leve dormência até a parada cardiorrespiratória, a depender da quantidade ingerida.

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo