Notícias

Globo mantém Eric Faria na final apesar de áudio vazado

A Globo vai manter o repórter Eric Faria na transmissão do segundo jogo da final da Copa do Brasil entre São Paulo e Flamengo, marcado para o próximo domingo (24), às 16h, no Morumbi.
A emissora optou por não mudar a escala mesmo após o vazamento de um áudio da transmissão da primeira partida enquanto ela estava fora do ar na TV.CONTEÚDO RELACIONADOAthletico supera Internacional no fim e tira Flamengo do G6Em crise, Flamengo aguarda retorno de Arrascaeta para finalVídeo: atletas de Grêmio e Palmeiras quase saem no braçoNo áudio em questão, Faria chama o técnico Jorge Sampaoli, do Flamengo, de “imbecil”. Ele também, junto com os comentaristas Roger Flores e Ricardinho, faz críticas severas ao trabalho do argentino no clube do Rio de Janeiro.
Luís Roberto, que também é ouvido no áudio, mas faz poucas críticas ao técnico, vai narrar a partida para todo o Brasil. Hoje, ele é titular das narrações da Globo. No SporTV e no Premiere, São Paulo x Flamengo terá narração de Milton Leite.
Nos comentários, porém, haverá mudanças. Júnior, ídolo do Flamengo; e Caio Ribeiro, revelado pelo São Paulo, serão comentaristas. A saída de Ricardinho e Roger não ocorreu por causa do vazamento. O revezamento de comentaristas nas duas finais já estava definido antes do episódio.
Ricardinho, inclusive, será comentarista da transmissão da TV por assinatura. Junto com ele no SporTV, estará o jornalista Lédio Carmona.
GLOBO REFORÇA CONFIANÇA EM REPÓRTERNos bastidores, a interpretação é que a Globo reforçou a confiança que tem em Eric Faria ao mantê-lo na escala de cobertura do Flamengo. Chefes deram tranquilidade ao repórter e já estão investigando quem vazou o áudio que viralizou nas redes sociais no último fim de semana. A emissora já sabe que foi um funcionário, e tenta identificá-lo.
No áudio, é possível notar que tudo começa após o narrador Luís Roberto chamar um intervalo comercial. Na sequência, já fora do ar, o locutor afirma que Sampaoli já deveria ter sido demitido. Os comentaristas Ricardinho e Roger Flores conversam a respeito do jogo e da apatia flamenguista contra o Tricolor.
E em determinado momento, o repórter de campo Eric Faria entra no papo e começa a opinar a respeito do que via de perto. A essa altura, a partida já estava 1 a 0 para o São Paulo. “Ele [Sampaoli] tem problema de ver o jogo e o que tem na mão. Isso é problema cognitivo, só pode ser. Ele podia fazer a mesma escalação do Botafogo. Deve ser algum TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) dele. Não deve repetir meia, cueca, nada”, disparou o jornalista.
Na sequência dos áudios, de cerca de sete minutos, Ricardinho e Roger continuam a conversar sobre quais medidas o treinador poderia tomar para melhorar a equipe, e Eric mais uma vez faz uma intervenção.
“Se quiserem lembrar as duas melhores atuações com esse imbecil [Sampaoli]”, afirmou, enquanto outra pessoa diz: “Botafogo e quem?”. O repórter responde: “Grêmio”, e o áudio é encerrado com Luís Roberto retomando a transmissão ao vivo na volta do intervalo comercial.VEJA MAIS:

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo