Notícias

Brasileira é presa com 130 sapos venenosos na Colômbia

Os sapos arlequim (oophaga histrionica) são considerados os mais venenosos do mundo e estão ameaçados de extinção. Eles medem menos de cinco centímetros e habitam as florestas úmidas do Pacífico, entre o Equador e a Colômbia, além de outros países da América Central e do Sul.Os animais são muito procurados por traficantes do mercado negro que chegam a pagar até até 1.000 dólares (cerca de R$ 5 mil) por cada animal. Conteúdos relacionados:Cientistas brasileiros apuram sumiço de lago na AntártidaCoreia do Sul proíbe consumo e venda da carne de cachorroUma brasileira, que não teve a identidade revelada, foi presa em flagrante nesta segunda-feira (29), no Aeroporto Internacional de Bogotá, na Colômbia, ao tentar deixar o país com 130 sapos venenosos na bagagem. Os animais são de uma espécie ameaçada de extinção e estavam escondidos em pequenos potes. Análises apontaram que os animais estavam desidratados e estressados.Quer ler mais notícias do Brasil? Acesse nosso canal no WhatsappA suspeita, de 37 anos, alegou que os sapos foram dados a ela como presente. Ela viajaria para o Panamá e depois seguiria para São Paulo com os animais. Os animais foram apreendido pela Polícia Nacional da Colômbia e a acusada terá de pagar uma multa que pode chegar a US$ 14.300, pouco mais de R$ 70 mil e  ainda vai responder por tráfico de animal selvagem.VEJA O VÍDEO DO MOMENTO DA APREENSÃO DOS ANIMAIS:

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo