Notícias

Após polêmica, Paysandu limita venda de ingressos por pessoa

A venda desenfreada de ingressos para a partida do Paysandu contra o Amazonas causou uma grande polêmica. Sem organização e fiscalização, muitos cambistas aproveitaram para comprar os bilhetes e geraram revolta nos torcedores.
Isso porque as vendas foram tão intensas que o Lado B rapidamente se esgotou e hoje, com dois dias de venda, mais de 30 mil ingressos já foram vendidos. A polêmica foi tão grande que o presidente Maurício Ettinger foi notificado pela Polícia Civil do Pará a prestar esclarecimentos.
No início da noite desta quarta-feira (20), o Papão soltou uma nota para falar sobre a situação das vendas, mas pouco esclareceu. A informação mais relevante é que, a partir de amanhã, os torcedores poderão comprar até cinco ingressos por CPF. 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 
Confira a nota na íntegra:
“O Paysandu Sport Club informa que as oito unidades das lojas Lobo espalhadas pela Grande Belém têm registrado, desde a última terça-feira (19), movimento intenso de torcedores à procura de ingressos para a partida contra o Amazonas, o que resultou na venda de mais de 30 mil entradas em apenas dois dias de comercialização.
O fluxo também foi acima do normal no site da Bilheteria Digital, que é a plataforma na qual a Fiel pode adquirir seus tíquetes pela internet. Além disso, as centrais do programa Sócio Fiel Bicolor do Estádio da Curuzu e Sede Social estão lotadas para serviços de adesão e regularização de planos.
A direção bicolor comunica ainda que tem acompanhado a formação de diversas caravanas que vão sair de cidades do interior com destino a Belém para acompanhar o jogo, bem como torcidas organizadas. Esses grupos têm comprado ingressos em grande quantidade para distribuir aos seus integrantes.
Após tomar conhecimento pela mídia e redes sociais da possível ação de cambistas, o clube decidiu, por medida de segurança, a partir desta manhã, que cada torcedor poderá adquirir uma quantidade limitada de apenas cinco ingressos.
Vale ressaltar que o número de ingressos referentes ao lado B colocados à venda é menor do que o lado A, uma vez que o clube reserva um espaço de lugares para adeptos adimplentes do programa Sócio Fiel Bicolor que ocupam o setor B do Estádio Mangueirão.
O Paysandu Sport Club também informa que trabalha, em conjunto com órgãos de segurança pública, para identificar e coibir qualquer prática delituosa que lese os direitos do seu torcedor.
O clube também alerta que a prática de cambismo é crime sujeito a pena de reclusão (artst. 166 e 167 da Lei Geral do Esporte), de modo que os torcedores, por medida de segurança, devem comprar seus ingressos exclusivamente nos canais oficiais do Paysandu.” Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Paysandu Sport Club (@paysandu)

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo