Notícias

Advogada brasileira morre ao enfartar em voo para os EUA 

Uma advogada brasileira de 32 anos morreu, na sexta-feira (21), após sofrer uma parada cardíaca em um voo do Rio de Janeiro para Houston, no Texas.
Sara Silva Raimundo passou mal no avião, recebeu massagem cardíaca de um passageiro, mas continuou desacordada.
Ela teve a morte declarada em um hospital da Louisiana, para onde foi encaminhada após pouso de emergência.
A família tenta arrecadar R$ 190 mil para trazer o corpo de Sara de volta ao Brasil.Veja também:Polícia abre inquérito contra o perito Ricardo Molina  Paraense presa na Indonésia pode ser condenada à morteBrasileiras presas na Alemanha contraíram infecção de pele
“A Sara foi levada para o hospital de emergência mais próximo do aeroporto. Lá ela foi atendida, fizeram exames, mas ela veio a falecer”, informou Gilmar Bueno, sócio de Sara, em publicação nas redes sociais.
Sara é uma das fundadoras da Única Instância, empresa que ajuda consumidores das classes C, D e E a resolverem problemas jurídicos com empresas prestadoras de serviço de forma gratuita.
Ela viajava para os Estados Unidos para participar do evento Brazil at Silicon Valley como ouvinte. O voo dela posaria em Houston para fazer uma escala com destino a São Francisco.
As doações para ajudar no traslado da advogada são recebidas pela irmã dela, Tamires Raimundo, por meio de transferência bancária (tamires.sr456@gmail.com).

Fonte: DOL – Diário Online – Portal de NotÍcias 

📢 Quer ficar por dentro das últimas notícias em primeira mão? Não perca tempo! Junte-se ao nosso canal no WhatsApp e esteja sempre informado. Clique no link abaixo para se inscrever agora mesmo:

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo